domingo, 29 de maio de 2016

Há dias em que te odeio, sabias? Há dias em que te odeio tanto que me começo a odiar a mim mesma. E crio-te ainda mais ódio, porque me fazes até odiar-me  mim. Talvez a culpa não seja tua, ou tallvez até seja. Não sei. Não quero saber. Sei que te odeio. E sei que nao queria. Amei-te tanto, que acabei a odiar-te.

2 comentários:

Olívia Muniz disse...

O ódio não leva a lado nenhum. O melhor mesmo é o desprezo, a indiferença. Tenta esquece-lo, é o melhor.
Beijinhos*

Ellie disse...

Às vezes o melhor é respirar fundo e seguir em frente por muito dificil que seja.